Checagem do Facebook tem relação com George Soros?

Checagem do Facebook tem relação com George Soros?

A checagem do Facebook ocorre a partir do Facebook Journalism Project, uma parceria entre o Facebook e uma instituição financiada por Soros.

Por Redação em 05/11/2020

Quem financia as agencias que checam se uma notícia é “fake news”? Quais são essas agências e quais são seus objetivos?

Donald Trump teria usado fake news para se eleger e, desde então, o Facebook adotou uma checagem manual de dados no combate às “notícias falsas”. Ele fez uma parceria com a IFCN (International Fact-Checking Network) e criaram juntos o Facebook Journalism Project.

Em suma, existem algumas agências “independentes” ligadas ao IFNC que trabalham para decidir se uma notícia é falsa ou não. Com a finalidade de “combater inverdades”, o Facebook coloca um alerta em cima de notícias que tais agências consideram fake news. Além disso, haverá um link (para o usuário clicar) explicando o motivo da notícia ser falsa.

Checagem do Facebook e IFCN: quem financia?

O próprio site do Instituto Poynter, que faz a hospedagem do IFCN, afirma que a iniciativa recebe verbas da “Open Society Fundations”, uma organização criada por George Soros.

Surpreendentemente, o mesmo Soros que já falou a respeito de uma nova ordem mudial, já disse que denunciava judeus ao regime nazista e recentemente disse Trump iria ganhar se Zuckerberg não controlasse de forma diferente suas plataformas.

Aliás, o Poyonter Institute tem como um de seus financiadores a Open Society Foundatios, como você pode ver no site da entidade.

Quem financia as agências de checagem no Brasil?

  • Fato ou Fake: criada pelo grupo Globo.
  • Aos Fatos: A agência faz parte do IFCN. O site da Aos Fatos afirma o seguinte: “Aos Fatos foi contratado pelo Facebook para atuar como third party fact-checker (verificador independente) por ser membro verificado da IFCN (International Fact-checking Network no Brasil). Para o Facebook, era indispensável envolver nesse projeto verificadores que tivessem passado pela auditoria internacional realizada pela IFCN”.
  • Lupa: Outro membro da IFCN. O site da Lupa diz o seguinte: afirma que a agência é “um membro verificado da International Fact-Checking Network (IFCN), grupo composto por plataformas de checagem que se reúne em torno do Poynter Institute (EUA) e se encontra anualmente para debater os rumos e os desafios do jornalismo.”

Para ler a matéria completa, acesse o site Terra Brasil Notícias.


Foto: Annie Spratt on Unsplash